quinta-feira, 19 de janeiro de 2023

Riqueza e dívida dos povos

No seguimento de textos já publicados[1] sobre a riqueza por adulto imputada a cada um dos vários grupos de países, passamos em seguida à abordagem das dívidas dos adultos para cada grupo de países. As diferenças são enormes e espelham as imensas desigualdades que caraterizam a organização política e económica dos povos, sob a forma estatal.

Europa

No caso da Europa e, como observámos anteriormente, o total da riqueza por adulto em 2011 e 2021 era, respetivamente, de $ 4.7 e 6.3 milhões. Para se aquilatar a enorme discrepância da riqueza que bafeja uns e, não outros no cenário europeu, sublinhe-se que na Suíça, a riqueza média de $ 481439 corresponde à de 20 búlgaros ($ 23701) ou de… 2 austríacos. Por seu turno, o total da dívida, também por adulto, cifrava-se em cerca de $ 1.1 milhões naqueles períodos.

Em 2011, as maiores dívidas por adulto registaram-se na Suíça, na Dinamarca e, na Noruega, países particularmente ricos, com débitos de, respetivamente, $ 121000, $ 111000 e $ 108000; em 2021, os maiores débitos oneravam a Suíça ($ 151000), Noruega ($ 116000) e, o Luxemburgo ($ 109000). Quanto aos débitos mais baixos, sobressaem a Turquia e a Rússia, ($ 1440 e $ 3385 respetivamente) para além dos referentes aos países balcânicos ou do Leste europeu.

O peso do endividamento face à riqueza, entre 2011 e 2021 reduziu-se em geral, mostrando-se apenas um elevado crescimento na Eslováquia (7.9%), com indicadores muito mais baixos de aumento, na Finlândia, em França, na Polónia, na Rep. Checa e na Rússia. De um modo geral, o endividamento tem um menor volume relativo no Leste europeu quando comparado com os países da área ocidental.

Dívida por adulto ($)

divida/riqueza(%)

 

2011

2021

  var %

2011

2021

Alemanha

30192

33993

12,6

16,7

13,2

Áustria

31851

32995

3,6

13,7

13,2

Bélgica

33504

41453

23,7

12,0

10,9

Bulgária

2784

4486

61,1

11,7

10,3

Chipre

42230

40465

-4,2

31,3

27,0

Croácia

7086

7471

5,4

13,6

10,9

Dinamarca

111023

89476

-19,4

47,1

21,0

Eslováquia

6149

12790

108,0

12,3

20,1

Eslovénia

9770

10645

9,0

10,5

9,9

Espanha

31512

22917

-27,3

13,6

10,3

Finlândia

40035

52005

29,9

25,6

27,9

França

36394

42871

17,8

13,0

13,3

GB

51602

52243

1,2

21,8

16,9

Grécia

21057

14977

-28,9

15,1

13,8

Hungria

6246

5796

-7,2

17,9

8,2

Irlanda

73003

43212

-40,8

36,7

17,2

Itália

24415

22641

-7,3

10,6

9,8

Luxemburgo

80084

108707

35,7

18,3

16,5

Noruega

108696

115701

6,4

39,7

34,6

P. Baixos

63894

76551

19,8

24,5

19,1

Polónia

5461

7002

28,2

12,0

13,9

Portugal

27650

21043

-23,9

23,5

13,6

Rep. Checa

7871

13981

77,6

16,2

17,0

Roménia

2637

3614

37,0

9,9

8,5

Rússia

1949

3385

73,7

8,5

10,0

Suécia

59744

73759

23,5

27,9

19,3

Suíça

121447

151230

24,5

25,2

21,7

Turquia

2726

1440

-47,2

8,5

7,4

Ásia

Na Ásia, a relação entre a dívida e a riqueza dos países é muito diversificada, em termos da sua dimensão, como da sua evolução relacionada com a riqueza. Enquanto a riqueza por adulto cresce de $ 2.3 M em 2011 para $ 4.1 M dez anos depois, a dívida evolui apenas de $ 425000 para $ 536000. Comparativamente à Europa os valores correspondentes são muito mais baixos.

A maior dívida por adulto cabe à Austrália em 2011 como em 2021 (cerca de $ 102000): essa dívida, corresponde, naqueles dois anos, entre um quarto a um quinto, respetivamente, do total da dívida contabilizada pelos estados asiáticos, considerados neste texto. Como se pode observar, o peso da dívida por adulto, em comparação com a riqueza, é mais baixo em 2021 face à situação verificada dez anos antes, para a generalidade dos países asiáticos. A maioria das dívidas de maior monta, corresponde a países mais inseridos na economia global; para além da referida Austrália, salientamos a Coreia do Sul, o Japão e, ainda, Hong-Kong, Nova Zelândia, Singapura e Taiwan, para além da entidade sionista.

Quanto à maior dimensão da dívida quando comparada com a riqueza, os maiores indicadores revelam-se na Austrália, na Coreia do Sul, na Mongólia, na Malásia e na Tailândia. Inversamente, as menores dívidas face à riqueza apresentada por adulto, detetam-se no Bangla Desh, no Casaquistão, na Síria, no Sri Lanka, no Paquistão e no Yemen, entre outros. 

Divida por adulto ($)

divida/riqueza(%)

 

2011

2021

  var %

2011

2021

Ar. Saudita

4918

4742

-3,6

13,7

5,6

Austrália

102352

102558

0,2

26,9

18,6

Bangla Desh

105

256

143,8

5,7

2,7

Brunei

3458

6936

100,6

7,6

12,1

Cambodja

103

730

608,7

4,7

11,6

Casaquistão

1234

1095

-11,3

16,2

2,6

China

1986

8991

352,7

9,9

11,7

Coreia S

24869

44309

78,2

33,0

18,6

Emiratos A U

18236

11989

-34,3

15,3

9,8

Filipinas

398

1206

203,0

5,0

8,3

Hong-Kong

57745

53928

-6,6

43,0

9,8

Índia

721

1418

96,7

13,6

9,1

Indonésia

423

1120

164,8

3,6

6,0

Irão

856

3077

259,5

9,9

7,9

Israel

25838

44595

72,6

17,0

16,3

Japão

35753

29233

-18,2

13,4

11,9

Jordânia

1915

2706

41,3

13,2

8,8

Kuwait

14246

15720

10,3

12,2

9,2

Laos

156

451

189,1

3,7

5,7

Líbano

5357

6543

22,1

16,0

8,6

Malásia

2869

12034

319,4

8,7

44,4

Mongólia

445

1671

275,5

4,6

22,9

N. Zelândia

35532

52957

49,0

21,3

11,2

Nepal

87

574

559,8

3,7

13,7

Oman

4811

4623

-3,9

10,6

11,3

Papua - NG

132

285

115,9

2,3

3,4

Paquistão

141

84

-40,4

3,2

1,3

Qatar

9889

22451

127,0

6,9

12,3

Quirguistão

87

224

157,5

1,9

3,6

Singapura

46172

54532

18,1

17,1

15,2

Síria

192

30

-84,4

3,0

1,9

Sri Lanka

454

678

49,3

8,0

2,5

Tailândia

1108

5593

404,8

14,4

22,7

Taiwan

21578

37304

72,9

14,3

12,5

Tajiquistão

107

90

-15,9

3,8

2,0

Vietnam

276

1402

408,0

6,1

9,8

Yemen

76

111

46,1

1,7

1,4

 São elevadas as disparidades no volume da dívida por adulto, entre os países asiáticos mais ricos e os mais pobres. A dívida contraída pelos mais ricos (Austrália, Hong-Kong, Coreia do Sul, Nova Zelândia, Singapura, entre outros) corresponde a 90% do total em 2011 (83% em 2021). Por outro lado, facilmente se descortina que é nos países mais pobres que o indicador dívida/riqueza é mais baixo; tal como é para esses países que o montante da dívida por adulto se apresenta mais diminuto (Bangla Desh, Filipinas, Índia, Indonésia, Laos, Mongólia, Nepal, Papua-Nova Guiné, Paquistão…).

Vários países onde a dívida cresce de modo relativamente elevado apresentam um peso na riqueza muito mais baixo em 2021; isso acontece porque o crescimento da riqueza se mostra claramente mais forte. Estas situações observam-se, entre outros, na Austrália ou, na Nova Zelândia, onde a dívida por adulto estagna, enquanto a riqueza cresceu substancialmente.

As desigualdades entre os países asiáticos revelam-se nos países mais pobres, que aumentaram no período considerado o seu peso de dívida comparativamente à riqueza - Cambodja, Filipinas, Indonésia, Laos, Mongólia, Nepal, Papua – NG, Quirguisistão. Situações diferentes, de redução do peso da divida em 2021 face a 2011, referenciam-se adiante… entre os mais ricos – Arábia Saudita, Austrália, Brunei, Coreia do Sul, Emiratos Árabes Unidos, Hong-Kong, Japão, Kuwait, Nova Zelândia, Singapura e Taiwan.

África

A África é o continente mais retalhado do planeta, com o maior número de países ditos soberanos. Nos países africanos, a dívida por adulto é, claramente mais baixa do que nos restantes continentes, tal como o coeficiente entre a dívida e a riqueza.

A riqueza dos países africanos é muito diversificada, em termos da dimensão dessa dívida, como da sua evolução. Enquanto a riqueza por adulto cresce de $ 5.3 M em 2011 para $ 9.3 M dez anos depois, a dívida total evolui apenas de $ 782 M para $ 810 M, no mesmo período.

Os países com maior riqueza por adulto em 2021 são a Maurícia ($ 65031) seguindo-se as Seychelles com $ 57619. Num mesmo patamar mas, pouco acima de $20000 colocaram-se naquele ano, a África do Sul, o Egipto, a Guiné Equatorial, as Maldivas, a Namíbia e a Tunísia. Inversamente, os indicadores mais baixos de riqueza (inferiores a $1000 em 2021) registam-se no Burundi, na Rep. Centro-Africana e na Serra Leoa.

Os países onde a dívida por adulto é mais elevada, em 2011 são a Maurícia e a África do Sul com valores de $ 7024 e $ 5722; em 2021 sobressaem as Seychelles com $ 6507 e, Namíbia e África do Sul, com valores pouco acima de $ 4000. Note-se que os referidos valores de dívida por adulto são muito inferiores aos registados na Europa e, mesmo claramente abaixo dos indicadores referidos para a América (excluindo, obviamente o binómio EUA/Canadá).

Divida por adulto ($)

dívida/riqueza(%)

 

2011

2021

var %

2011

2021

África do Sul

5722

4270

-25,4

24,3

17,4

Argélia

540

341

-36,9

13,0

9,2

Argélia

464

731

57,5

6,5

7,2

Benin

144

165

14,6

10,0

5,5

Botswana

2080

2541

22,2

19,1

13,1

Burkina Faso

78

99

26,9

8,0

6,1

Burundi

29

43

48,3

7,3

5,3

Camarões

229

133

-41,9

11,8

3,8

Chade

79

48

-39,2

7,3

3,5

Comores

1578

279

-82,3

34,1

4,6

Congo, Rep

1045

155

-85,2

34,4

8,4

Congo, Rep. Dem.

220

44

-80,0

36,2

3,1

Djibouti

166

533

221,1

16,6

14,2

Egipto

659

1056

60,2

6,3

4,6

Eritreia

73

129

76,7

5,3

4,1

Etiópia

20

61

205,0

2,2

1,6

Gabão

1148

1260

9,8

11,1

6,8

Gâmbia

88

84

-4,5

9,1

2,9

Ghana

297

383

29,0

7,6

5,0

Guiné  

62

116

87,1

6,2

2,9

Guiné Bissau

87

97

11,5

7,8

5,1

Guiné Equatorial

1569

2737

74,4

12,1

11,1

Lesoto

227

332

46,3

14,2

19,3

Libéria

143

75

-47,6

6,7

1,4

Líbia

1547

763

-50,7

12,1

7,8

Madagáscar

55

69

25,5

3,8

3,3

Malawi

45

53

17,8

4,0

2,2

Maldivas

607

1753

188,8

5,8

8,2

Mali

132

183

38,6

11,1

7,0

Marrocos

1175

1639

39,5

11,3

10,8

Mauricia

7024

4050

-42,3

18,1

6,2

Mauritânia

467

209

-55,2

29,1

7,1

Moçambique

72

93

29,2

10,3

8,3

Namíbia

2915

4207

44,3

26,1

18,8

Níger

36

47

30,6

5,0

3,3

Nigéria

433

324

-25,2

13,6

4,3

Quénia

223

538

141,3

6,9

4,1

Rep C Africana

59

33

-44,1

13,3

3,4

Ruanda

76

139

82,9

3,7

3,3

S. Tomé e Princ.

320

427

33,4

21,6

9,3

Senegal

236

246

4,2

7,7

4,9

Serra Leoa

50

16

-68,0

10,8

2,0

Seychelles

3748

6507

73,6

13,9

11,3

Tanzânia

80

157

96,3

5,2

3,7

Togo

111

160

44,1

11,2

10,5

Tunísia

1729

1411

-18,4

11,9

6,7

Uganda

78

123

57,7

7,8

5,2

Zâmbia

196

118

-39,8

8,0

3,8

Zimbabwe

141

691

390,1

8,4

7,1

América

No continente americano há a considerar duas realidades. Uma, é constituída pelos EUA e pelo Canadá com valores de riqueza por adulto da ordem dos $ 579 e $ 409 milhares, respetivamente, em 2021; muito acima, portanto, dos indicadores de 2011 - $ 260 e $ 247 milhares. Trata-se, portanto de um caso único de desigualdade a nível planetário.

Dívida por adulto

divida/riqueza(%)

 

2011

2021

var %

2011

2021

Argentina

1877

699

-62,8

6,9

6,7

Bahamas

17811

27468

54,2

51,3

45,6

Barbados

10927

20193

84,8

26,8

28,5

Belize

1566

1740

11,1

16,7

15,4

Bolívia

646

1633

152,8

12,6

11,6

Brasil

4777

4255

-10,9

20,6

19,9

Canadá

59775

69323

16,0

22,8

16,9

Chile

7107

10402

46,4

14,1

19,0

Colombia

2852

3239

13,6

22,1

19,0

Costa Rica

3314

5116

54,4

13,9

11,2

Dominica

2311

2926

26,6

11,1

8,3

El Salvador

1763

2081

18,0

10,4

5,4

Equador

1027

1755

70,9

9,1

8,5

EUA

57944

69533

20,0

20,0

12,0

Granada

4706

5846

24,2

19,8

11,1

Guiana

1067

1195

12,0

13,9

8,3

Jamaica

1421

2207

55,3

8,6

10,2

México

3162

2809

-11,2

10,0

5,8

Nicarágua

412

510

23,8

5,6

3,8

Panamá

3625

6900

90,3

17,0

13,8

Paraguai

1142

1542

35,0

10,9

12,8

Peru

1168

1635

40,0

10,0

7,8

St Lucia

3082

3725

20,9

15,2

13,7

St. Vincent/Grenad.

1966

2659

35,2

16,5

14,1

Surinam

824

1014

23,1

12,7

12,6

Trinidad e Tobago

3819

6471

69,4

14,4

13,1

Uruguai

4171

1914

-54,1

8,7

3,3

Venezuela

45

349

675,6

0,2

1,2

A relação da dívida com a riqueza é particularmente baixa na Venezuela (1.2%), no Uruguai (3.3%) e também, na Nicarágua, em el Salvador, na Argentina, no Equador, na Guiana e no Peru. Em sentido contrário, situam-se as Bahamas (45.6%) e Barbados. Essa relação é, tendencialmente mais baixa em 2021, na grande maioria dos países; são excepções, Barbados, Chile, Jamaica, Paraguai e Venezuela, neste último caso com uma muito baixa relevância.

 Em termos gerais, os valores médios da dívida por adulto, apresentam-se a seguir

 

Dívida média/adulto ($)

Riqueza média/adulto ($)

2011

2021

2011

2021

Europa

    37179

39530

169700

225139

África

         782

    810

     5328

     9393

Ásia

     11476

14493

   62491

111464

América

      204307

   259139

      39089

   64698

     Total

     253744

   313972

     276608

     410694

 

É particularmente interessante, perante o último quadro, observar a enormidade da dívida média, por adulto, da América - se bem que isso resulte, essencialmente do binómio EUA/Canadá, com um valor cerca de quatro vezes a dívida média do resto do mundo. Observe-se que os valores de dívida são apresentados pela Europa, a África e a Ásia, com variações pouco significativas entre 2011 e 2021. Desde os tempos da Babilónia que a posse, a riqueza, tem maior atração do que ter dívidas; e, que ter ativos é mais compensador do que acumular passivos, algo que se tem mostrado comum com a prática disparatada da aposta nas pirâmides de Ponzi.

Ter mais riqueza do que dívida é uma demonstração de boa gestão. Ter dívida muito para além do volume da riqueza, não é sinal de boa gestão mas pode animar flibusteiros, piratas, vigaristas e, elementos da classe política, mormente quando têm acesso ao “pote”. 

Em contrapartida, a Europa é o grande acumulador de riqueza a nível global, sendo de realçar o crescimento da riqueza acumulada na Ásia que passou a apresentar-se, em 2021 com um crescimento de 78% face a 2011; o mesmo acontecendo com a África, ainda que apresentando valores de base muito mais modestos. 

                Este texto em:

http://grazia-tanta.blogspot.com/

                e outros textos em:

http://www.slideshare.net/durgarrai/documents

https://pt.scribd.com/uploads

 



[1]  As desigualdades da riqueza acumulada na Europa, por adulto

 http://grazia-tanta.blogspot.com/2022/11/as-desigualdades-da-riqueza-acumulada.html

As desigualdades da riqueza acumulada na Ásia

http://grazia-tanta.blogspot.com/2022/11/as-desigualdades-da-riqueza-acumulada_23.html

As desigualdades da riqueza acumulada em África

http://grazia-tanta.blogspot.com/2022/12/as-desigualdades-da-riqueza-acumulada.html

As desigualdades da riqueza acumulada na América

http://grazia-tanta.blogspot.com/2022/12/as-desigualdades-da-riqueza-acumulada_29.html

Uma comparação dos níveis de riqueza no mundo, em 2011 e 2021

http://grazia-tanta.blogspot.com/2023/01/uma-comparacao-dos-niveis-de-riqueza-no.html